Anthony Joshua quebra recorde do pay per view e adiciona 200 mil assinaturas para o DAZN

Luta com Andy Ruiz Jr. vende 1,8 milhão de assinaturas no Reino Unido e supera a marca de 1,5 milhão de Joshua x Wladimir Klitschko, em 2017

Wilson Baldini Jr.

12 de dezembro de 2019 | 11h13

 

A segunda luta entre Anthony Joshua e Andy Ruiz Jr., no último dia 7, na Arábia Saudita vendeu 1,8 milhão de assinaturas e quebrou o recorde do pay par view britânico, que pertencia ao duelo entre Joshua e Wladimir Klitschko (1,5 milhão), em 2017.

Além disso, o carisma de Joshua com o público da Grã-Bretanha fez com que 200 mil novas assinaturas fossem feitas pela plataforma DAZN.

Joshua deverá fazer três lutas em 2020. Uma sequência que poderá ser realizada coloca o ucraniano Oleksandr Usyk, o búlgaro Kubrat Pulev e o vencedor entre Deontay Wilder e Tyson Fury  como possíveis adversários do campeão da Organização Mundial, Associação Mundial e Federação Internacional de Boxe.

Aos 30 anos, Joshua tem um cartel de 24 lutas, 23 vitórias (21 nocautes) e duas derrotas.

Aproveite 30 dias grátis e cadastre-se no link: https://prf.hn/click/camref:1101l7qmg/adref:revanche

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeAnthony JoshuaAndy Ruiz Jr.DAZN

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.