Anthony Joshua se apresenta menos ‘fisiculturista’ para a revanche contra Andy Ruiz em 7 de dezembro

Anthony Joshua se apresenta menos ‘fisiculturista’ para a revanche contra Andy Ruiz em 7 de dezembro

Menos musculoso, boxeador britânico deverá estar mais rápido para a revanche do fim do ano marcada para a Arábia Saudita

Wilson Baldini Jr.

05 de setembro de 2019 | 12h18

 

Um Anthony Joshua diferente, mais rápido pode estar sendo programado para a revanche contra Andy Ruiz Jr., em 7 de dezembro, na Arábia Saudita. Pouco mais de três meses após ser nocauteado pelo mexicano, no Madison Square Garden, o britânico se apresentou mais magro, menos fisiculturista para as entrevistas promocionais do combate do fim do ano.

Na balança, a diferença de peso não deverá ser exagerada, o que será diferente é o tamanho dos bíceps e demais músculos, que pareceram ser um peso a mais para ser carregado por Joshua.

Mais ‘leve’, o campeão olímpico em Londres-2012 poderá se movimentar mais e deixar de ser um alvo fixo como ocorreu no primeiro duelo, quando Ruiz encurtou a distância e acertou muitos golpes no ex-campeão.

Ainda restam três meses para a segunda luta. Ruiz, ao contrário, está enorme de gordo. Terá de deixar o chocolate de lado para poder ter condições de repetir o grande feito. O noticiário será intenso até dezembro.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeAnthony JoshuaAndy RuizAnthonu

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.