Após ficar doente em março, chefe do DAZN ‘nocauteia’ coronavírus

Após ficar doente em março, chefe do DAZN ‘nocauteia’ coronavírus

Ex-ESPN, John Skipper é o responsável por todos os contratos feitos pela plataforma com o boxe internacional

Wilson Baldini Jr.

02 de abril de 2020 | 10h28

 

John Skipper, chefe global do DAZN, está recuperado, após contrair o virus da covid-19 em março. Durante a quarentena, o executivo continuou seus trabalhos em casa.

Skipper, ex-ESPN, é o responsável por todos os contratos do DAZN com o boxe internacional. Foi ele, por exemplo, que orquestrou a contratação de Saul Canelo Alvarez por US$ 365 milhões, em 2018, para fazer 11 lutas pela plataforma.

Recentemente, Skipper anunciou uma campanha especial para a nobre arte, que teria início em 2 de maio, em 200 países, na próxima luta do mexicano, adiada por causa da pandemia do coronavírus.

Tudo o que sabemos sobre:

DAZNJohn Skipperboxe

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.