Argentino, de 45 anos, volta após seis, ganha uma luta e é colocado em sexto lugar no ranking da AMB

Sergio Martinez, ex-campeão dos pesos médios, mostra força nos bastidores para conseguir enfrentar o japonês Ryota Murata, pelo título mundial

Wilson Baldini Jr.

02 de setembro de 2020 | 10h54

 

O argentino Sergio Martinez, ex-campeão mundial dos pesos médios venceu o espanhol Jose Miguel Fandino, de 36 anos, no último dia 21, em Torrelavega, na Espanha, por nocaute, no sexto assalto. Martinez, de 45 anos, não lutava desde 2014, quando perdeu para o portorriquenho Miguel Cotto. Surpreendentemente, a vitória o colocou em sexto lugar no ranking dos pesos médios da Associação Mundial de Boxe, à frente, inclusive do brasileiro Esquiva Falcão, 13º colocado.

“Eu preciso de metas para continuar lutando e uma de minhas metas é enfrentar Ryota Murata, campeão pela Associação Mundial de Boxe. Quero voltar a ser campeão e nada, nem ninguém vai me impedir”, disse o boxeador diretamente ao presidente da AMB, durante uma live. O

Martinez possui um cartel de 52 vitórias (28 nocautes), três derrotas e dois empates. Em uma de suas principais vitórias, superou o mexicano Julio Cesar Chavez Jr., em um duelo espetacular, realizado em 2012.

O japonês Murata derrotou o Esquiva Falcão na decisão da medalha de ouro olímpica, em Londres-2012. O brasileiro também aguarda uma possibilidade de revanche, desta vez no profissionalismo.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeSergio MartinezWBA

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: