Arrasador, Jaime Munguia destrói ganês e pode abrir espaço para Patrick Teixeira

Em grande forma, mexicano só precisa de quatro rounds para obter o nocaute e agora estuda a possibilidade de subir para a categoria dos médios. Veja o vídeo

Wilson Baldini Jr.

15 de setembro de 2019 | 04h57

 

Em uma forma invejável, o mexicano Jaime Munguia nocauteou o ganês Patrick Allotey, neste sábado, em Carson, Califórnia. A apresentação do campeão mundial dos médios-ligeiros da Organização Mundial de Boxe enlouqueceu os 7.311 espectadores, em sua maioria mexicanos, no dia da Independência do México.

Rápido, forte e eficaz, Munguia demonstrou que os treinamentos com o ex-campeão Erik Morales fizeram bem a sua carreira. Em sua quinta defesa de título, o mexicano derrubou o adversário três vezes, ao apresentar um arsenal variado de golpes. A volúpia do mexicano fez o córner do africano pedir o fim da luta.

Ao final do combate, Munguia disse que esta deverá ser sua última luta entre os pesos médios. “Ainda vou me reunir com a minha equipe para definir o futuro”, disse o invicto boxeador, de 22 anos, que soma 34 vitórias, com 27 nocautes. Allotey perdeu pela terceira vez em 43 lutas.

Se Munguia subir de categoria, o cinturão ficará vago e poderá ser disputado pelo brasileiro Patrick Teixeira, segundo do ranking, diante do dominicano Carlos Adames, primeiro da lista da OMB. Esta luta está sendo negociada para o fim do ano.

Caso Munguia prossiga como campeão, o duelo Patrick x Adames se torna uma eliminatória para se saber quem enfrenta o dono do cinturão.

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeJaime MunguiaPatrick Teixeira

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.