Bob Arum revela negociação para duelo Oscar Valdez x Robson Conceição em agosto ou setembro

Bob Arum revela negociação para duelo Oscar Valdez x Robson Conceição em agosto ou setembro

Mexicano campeão dos superpenas do Conselho Mundial de Boxe quer se vingar de uma derrota sofrida para o brasileiro no amadorismo

Wilson Baldini Jr.

27 de abril de 2021 | 06h41

 

O empresário Bob Arum revelou, em entrevista ao repórter Dan Rafael, que existem negociações para um duelo entre o mexicano Oscar Valdez e o brasileiro Robson Conceição para o mês de agosto ou setembro.

“Estamos planejando uma luta Valdez contra Conceição. Essa é uma boa luta”, disse Arum sobre uma duelo que seria o principal da empresa Top Rank Boxing em uma programação a ter seu local definido, mas com preença de público. “Essa é uma luta dura e boa. O Oscar pode vencer, mas o outro cara, Conceição, é medalhista de ouro olímpico, invicto e venceu o Oscar no amadorismo. Robson não é um pegador, mas é muito hábil. É uma luta dura.”

Frank Espinoza, empresário de Valdez, disse que ele e Arum estão de fato discutindo a luta. “Esse é o adversário projetado que eles nos apresentaram”, disse Espinoza. “No momento, nada está definido em contrato, mas essa é uma boa luta. Oscar vai lutar com qualquer um e eu sei que é uma luta que Oscar teria interesse em lutar. ”

A razão é porque Valdez (29-0, 23 KOs), 30, integrante da equipe olímpia do México nas olimpíadas de 2008 e 2012, gostaria de se vingar de uma derrota no amador diante de Conceição (16-0, 8 KOs), de 32 anos, ocorrida na final dos Jogos Pan-americanos de 2009 na Cidade do México, quando o brasileiro para ganhar a medalha de ouro. Robson conquistaria a medalha de ouro olímpica Rio, em 2016.

“O Oscar adoraria vingar essa derrota para a Conceição, agora que eles são profissionais. Ele adoraria ”, disse Espinoza. “O Oscar quer fazer história. Ele quer cumprir seu legado e lutar contra os melhores. Há interesse do nosso lado nessa luta, com certeza. ”

Tudo o que sabemos sobre:

boxeOscar ValdezRobson Conceição

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.