Bolinha, neto de Servilio de Oliveira, vai tentar vaga olímpica na Argentina, em março

A campeã mundial Beatriz Ferreira também está na equipe de 13 atletas que vão lutar no Pré-Olímpico no mês que vem

Wilson Baldini Jr.

08 de fevereiro de 2020 | 01h32

 

Luiz Oliveira, o Bolinha, neto do lendário Servilio de Oliveira, será um dos 13 representantes do boxe brasileiro na disputa do Pré-Olímpico das Américas para os Jogos de Tóquio, em março, na Argentina.

Um dos oito boxeadores da equipe masculina, Bolinha vai disputar uma vaga na categoria até 52 quilos. Carlos Rocha (57 quilos), Wanderson Oliveira (63 quilos), Luiz Fernando (69), Herbert Conceição (75), Keno Machado (81), Abner Machado (91) e Joel Silva (mais de 91) completam o time.

A equipe feminina tem como destaque Beatriz Ferreira, campeã mundial nos 60 quilos. Graziele de Jesus (51 quilos), Jucielen Romeu (57 quilos), Beatriz Soares (69) e Flávia Figueiredo são as outras pugilistas.

Aqueles que não conseguirem vaga para Tóquio ainda terão mais uma oportunidade, em Paris, no mês de maio.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: