Boxe de Amanda Nunes na vitória sobre Cyborg teve aprimoramento de Gabriel, filho de Servílio de Oliveira

Boxe de Amanda Nunes na vitória sobre Cyborg teve aprimoramento de Gabriel, filho de Servílio de Oliveira

Treinador trabalhou as últimas oito semanas com a lutadora nos Estados Unidos. "Dei alguns pitacos"

Wilson Baldini Jr.

30 de dezembro de 2018 | 17h21

 

Gabriel Oliveira, filho de Servílio de Oliveira, trabalhou as últimas oito semanas com Amanda Nunes nos Estados Unidos para o duelo deste sábado com Cris Cyborg. “Eu tive uma parcela. Foi um trabalho feito em conjunto. Dei alguns pitacos. Aquele direto que ela jogou por cima tem um pouco do nosso trabalho.”

Campeã dos pesos galo, Amanda precisou de apenas 51 segundos para derrotar Cyborg e ficar também com o cinturão dos penas do UFC. O duelo foi em Los Angeles.

Gabriel é irmão de Ivan Oliveira, que também é técnico e faz um trabalho intenso com novo talentos, e tio de Luiz de Oliveira, o Bolinha, que foi medalha de bronze nos Jogos da Juveentude, na Argentina, este ano.

Servilio conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos do México, em 1968, e só não chegou a disputar o título mundial no profissional por causa de um descolamento de retina.

 

Mais conteúdo sobre:

boxeAmanda NunesCyborg