Brasil corre o risco de não ver Vasyl Lomachenko x Teofimo Lopez. É uma vergonha!

Por enquanto, nenhum canal de TV nacional se interessou em comprar os direitos de transmissão da luta do próximo sábado

Wilson Baldini Jr.

10 de outubro de 2020 | 12h54

 

Vasyl Lomachenko x Teofimo Lopez tem tudo para ser uma das melhores lutas do pós-pandemia. E nem assim os canais de televisão do Brasil se interessam em comprar os direitos de transmissão o combate, que será realizado, sábado que vem, em Las Vegas.

Muitos podem dizer que não há um patrocinador para pagar o “alto” preço do evento, mas a luta foi confirmada há mais de 40 dias, tempo suficiente para se conseguir um parceiro. Aliás, porque não fazem como é feito com o tênis, por exemplo, quando se passa tudo para que se possa comprar tudo? Quanto mais se compra, menos se paga.

Nesta semana, Bob Arum, empresário que promove a luta, também criticou a postura do canal Sky Sports, que não adquiriu os direitos para a Grã-Bretanha..

Só nos resta torcer ou ver em algum sinal alternativo. Uma vergonha!

Tudo o que sabemos sobre:

boxeVasyl LomachenkoTeófimo Lopez

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.