Campeão mundial, Everton Lopes pendura as luvas por lesão nos ombros

Campeão mundial, Everton Lopes pendura as luvas por lesão nos ombros

Aos 30 anos, boxeador baiano, que disputou a Olimpíada de Londres, fez seis lutas como profissional e venceu todas

Wilson Baldini Jr.

10 Agosto 2018 | 08h17

 

Uma lesão crônica nos ombros fez o boxeador baiano Everton Lopes encerrar precocemente sua carreira. Aos 30 anos, o campeão mundial amador, em 2011, fez seis lutas como profissional entre 2015 e 2017 e venceu todas.

“Agora é trabalhar. Estou vendo se faço um projeto para resgatar crianças da comunidade”, disse Everton, que mora em Salvador.

Everton foi campeão mundial amador em 2011 e disputou os Jogos Olímpicos de Londres, quando foi derrotado pelo cubano Roniel Iglesias na primeira rodada em uma espécie de final antecipada. O adversário acabou ficando com a medalha de ouro.

Pouco antes dos Jogos do Rio, em 2016, assinou contrato com a Golden Boy Promotions, de Oscar De La Hoya, e passou para o profissionalismo.

 

Mais conteúdo sobre:

boxeEverton Lopes