Campeão olímpico, Hebert Conceição pode decidir futuro da carreira esta semana

Medalha de ouro em Tóquio, boxeador poderá migrar para o profissionalismo, sob orientação do técnico Luiz Dórea

Wilson Baldini Jr.

29 de novembro de 2021 | 14h32

 

Campeão olímpico em Tóquio, Hebert Conceição pode decidir futuro de sua carreira esta semana. O boxeador poderá migrar para o profissionalismo, sob orientação do técnico Luiz Dórea.

Hebert está em Salvador, onde mora e treina. Ele é amigo do também medalhista de ouro olímpico Robson Conceição, mas não deverá assinar com a empresa Top Rank.

Hebert recebe ‘salário’ como militar, da Confederação Brasileira de Boxe, do “Bolsa Pódio’ e patrocinadores. “Os olímpicos recebem cerca de R$ 35 mil por mês. A situação é bem diferente daquela que tive”, disse Esquiva Falcão, prata em Londres-2012, que tem contrato desde 2013 com a Top Rank, com quem já realizou 29 lutas e está prestes a disputar o título mundial.

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeHebert Conceição

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.