Canelo ‘encara’ Kovalev’, descarta terceira luta com GGG e dá uma bronca em Oscar De La Hoya

Canelo ‘encara’ Kovalev’, descarta terceira luta com GGG e dá uma bronca em Oscar De La Hoya

Mexicano fala da 'dura' luta com o russo dia 2 de novembro, ao mesmo tempo que critica seu manager por ter anunciado terceiro combate com Golovkin para 2020

Wilson Baldini Jr.

19 de setembro de 2019 | 12h08

 

Saul Canelo Alvarez e Sergey Kovalev se encontraram pela primeira vez para promover o combate de 2 de novembro, nesta quarta-feira, em Los Angeles. Os dois lutadores demonstraram respeito um pelo outro e admitiram que o confronto vai ser “duro” para ambos os lados.

Canelo aproveitou para cutucar o manager Oscar De La Hoya, que dias antes afirmara que seu pupilo iria lutar pela terceira vez com Gennady GGG Golovkin, em 2020. “Acho que às vezes Oscar diz coisas que nçao deve dizer ou fala o que não deve falar.”

O mexicano também descartou a possibilidade de um novo confronto com GGG. “Não quero falar do futuro, pois tenho uma luta muito dura, difícil pela frente. Depois vamos pensar o que vamos fazer ano que vem. A trilogia com GGG não significa nada para mim.”

Tudo o que sabemos sobre:

boxeSaul Canelo AlvarezSergey Kovalev

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.