Com sétima vitória, chega a hora de Robson Conceição subir degrau na carreira

Com sétima vitória, chega a hora de Robson Conceição subir degrau na carreira

Brasileiro vence mexicano por pontos e agora precisa encarar rivais mais fortes para se aprimorar em busca do título mundial

Wilson Baldini Jr.

28 de abril de 2018 | 21h42

 

Robson Conceição somou a sétima vitória na carreira, neste sábado, na Filadélfia, ao vencer, por pontos, após seis roundes o mexicano Alex Torres Rynn. Ótimo. É chegado o momento de subir um degrau e buscar lutas contra adversários mais capacitados, que irão moldar corretamente o brasileiro na busca pelo título mundial.

Todos já sabemos que Robson tem potencial e provou que tem condições de ser testado com obstáculos maiores. Chega de rivais inferiores tecnicamente. Ninguém está dizendo para o medalha de ouro no Rio-2016 enfrentar amanhã Vasyl Lomachenko ou Gervonta Davis, mas os rivais precisam exigir mais pugilista baiano.

O medo é a Top Rank considerar que Robson Conceição não tem condições de atingir um alto nível e daqui a pouco passe a tratá-lo não como uma pedra preciosa a ser lapidada, mas apenas como um coadjuvante de luxo.

Segundo Sergio Batarelli, conselheiro de Robson, afirmou que terá detalhes da próxima luta do brasileiro na semana passada.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeboxingboxeo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: