Confira 8 atitudes que estragaram a carreira de Mike Tyson

Confira 8 atitudes que estragaram a carreira de Mike Tyson

Peso pesado mais novo a ser campeão mundial completa neste domingo 53 anos de idade

Wilson Baldini Jr.

30 de junho de 2019 | 18h34

 

Mike Tyson completa 53 anos neste domingo. O norte-americano é o mais jovem campeão mundial dos pesos pesados. Em 1986, aos 20 anos, ganhou o título do Conselho Mundial de Boxe. Somou os cinturões da Associação Mundial e da Federação Internacional de Boxe.

Dominou a principal categoria do boxe até 1990, quando foi surpreendentemente derrotado por James Buster Douglas. Foi preso em 1992, por estupro, quando estava prestes a tentar recuperar o cinturão. Após três anos na cadeia, em Indianápolis, voltou aos ringues para ser campeão de novo em 1996.

No mesmo ano, perdeu para Holyfield e só teve outra oportunidade frente a Lennox Lewis, em 2002, ao ser derrotado mais uma vez.

Tyson é um dos maiores nomes da história do boxe, por causa de sua história de vida, carisma e talento. Mas poderia ter sido muito maior do que foi na nobre arte. Confira 8 atitudes que estragaram a carreira de Tyson:

— ter demitido o técnico Kevin Rooney e o empresário Bill Cayton

—  ter assinado com Don King

— ter casado com Robin Givens

— ter dado um soco na cara de Mitch Green na rua, em Nova York

— ter estuprado Desireé Washington

— ter mordido a orelha de Evander Holyfield

— ter usado maconha antes da luta com Andrew Golota

— ter brigado com Lennox Lewis na entrevista coletiva

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeMike Tyson

Tendências: