Conflito EUA x Irã prejudica acerto de MayPac 2 na Arábia Saudita

Conflito EUA x Irã prejudica acerto de MayPac 2 na Arábia Saudita

Apesar dos problemas, árabes apontam 70% de chances de uma segunda luta entre os astros do boxe para o meio do ano

Wilson Baldini Jr.

09 de janeiro de 2020 | 10h39

 

A Arábia Saudita tem grande interesse em organizar a segunda versão de MayPac em meados do ano, mas os conflitos entre Estados Unidos e Irã intimidam as negociações.

Os árabes garantem bolsas de três dígitos (US$ 100 milhões para cada lutador), os canais Showtime e FOX sonham com a transmissão do combate e a plataforma DAZN também pretende transmitir a segunda luta entre Floyd Mayweather e Manny Pacquiao.

A expectativa é que a atração venda de 2 a 3 milhões de assinaturas no pay per view. Tudo isso leva a crer, segundo o site World Boxing News, que MayPac 2 tem 70% de chance de ocorrer entre os meses de maio a julho.

Em 2015, na luta mais rentável da história do boxe, com 4,6 milhões de assinaturas no pay per view e bolsas de US$ 350 milhões para Mayweather e US$ 250 milhões para Pacquiao, o triunfo ficou com o norte-americano.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: