Cubano campeão mundial abandona equipe em Tijuana

Cubano campeão mundial abandona equipe em Tijuana

Johannys Argilagos, de 21 anos, teria interesse em desertar para entrar no boxe profissional

Wilson Baldini Jr.

13 Março 2018 | 09h38

crédito: AIBA

 

O cubano Johannys Argilagos, de 21 anos, desapareceu em Tijuana, México, durante a disputa do torneio classificatório para os Jogos Centro-Americanos e do Caribe, que vão ser em Barranquilla, na Colômbia.

Um dos melhores pugilistas da seleção cubana, Argilagos é bicampeão mundial e medalha de bronze na Olimpíada do Rio-2016 na categoria minimosca (49 quilos).

Pessoas ligadas à delegação cubana desconfiam que o pugilista possa ter o interesse de desertar e buscar o boxe profissional nos Estados Unidos.

Em 2007, vários boxeadores,  desertaram e o time de Cuba se enfraqueceu muito para a disputa da Olimpíada de Pequim, no ano seguinte.

O caso de maior repercussão envolveu Guillermo Rigondeaux e Erislandy Lara, que abandonaram a seleção cubana nos Jogos Pan-Americanos do Rio-2007. Acabaram presos, deportados para Cuba, mas voltaram a fugir de barco para Miami, se profissionalizaram e até conquistaram títulos mundiais.

 

Mais conteúdo sobre:

boxeboxingCuba