DAZN inicia transmissões de boxe em 2021 neste sábado com Ryan Garcia x Luke Campbell

DAZN inicia transmissões de boxe em 2021 neste sábado com Ryan Garcia x Luke Campbell

Vai ser a juventude do promissor norte-americano diante da experiência do britânico campeão olímpico. Início das transmissões será ás 17h

Wilson Baldini Jr.

02 de janeiro de 2021 | 11h13

 

O ano de 2021 começa para o boxe com um grande duelo de pesos leves: EUA x Inglaterra. A experiência do britânico Luke Campbell, campeão olímpico em Londres-2012, diante da juventude do norte-americano Ryan Garcia, neste sábado, em Dallas. Tipo da luta que não precisa de título mundial para ser atrativa para o público. E o combate ainda é válido pelo cinturão interino do Conselho Mundial de Boxe. Quem vencer deverá enfrentar Devin Haney, atual dono do título. O DAZN promete transmissão a partir das 17h.

Ryan Garcia é apontado para ser um dos grandes campeões do futuro. Muitos acreditam que ele possa repetir o mesmo sucesso de Oscar De La Hoya, que é o seu manager. Ele tem 22 anos, está invicto, com 20 vitórias, sendo 17 nocautes.

Aos 33 anos, Campbell sabe que está pode ser sua última chance de se manter em evidência. Até agora ele falhou nos momentos mais importantes de sua carreira, ao perder para Jorge Liñares e Vasyl Lomachenko. Um novo revés poderá ser fatal.

Garcia x Campbell é o tipo da luta que tem tudo para ser eletrizante desde o início. A previsão de 12 rounds é muito grande, por isso o nocaute, para qualquer dos lados, é o resultado mais esperado. Tanto Garcia como Campbell gosta de lutar no contra-ataque. Resta saber quem vai aceitar abdicar de suas características.

O fenomenal gancho de esquerda é a maior arma do americano. Sua velocidade e precisão são impressionantes e a definição da luta pode ocorrer a qualquer momento. O problema para Garcia vai ser enfrentar a guarda de canhoto do rival.

Se Garcia tem no gancho de esquerda sua arma mortal, Campbell sabe como poucos usar o fato de ser canhoto, o que muda toda a forma de lutar com relação ao destro. O jab e o direto de esquerda do inglês são exemplarmente aplicados e o seu jogo de pernas consegue sair muito bem do ataque do adversário.

Na teoria, Garcia é favorito, mas é preciso ver como será a estreia do garoto em lutas de grande porte. Campbell já sabe como se comportar e quais erros não poderá cometer. A cada round disputado aumentam as chances do britânico, acostumado com as dificuldades da profissão.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeDAZN

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.