Deontay Wilder culpa fantasia de 18 quilos por derrota diante de Tyson Fury e exige 3.ª luta

Deontay Wilder culpa fantasia de 18 quilos por derrota diante de Tyson Fury e exige 3.ª luta

Por contrato, americano tem direito a um novo duelo frente ao britânico. Ideia dos empresários é fazer o combate na Grã-Bretanha antes de julho

Wilson Baldini Jr.

25 de fevereiro de 2020 | 12h06

 

Deontay Wilder encontrou um culpado pela derrota para Tyson Fury, sábado, no MGM Hotel, em Las Vegas. A fantasia de 18 quilos que vestiu para se dirigir até o ringue. “Eu me cansei muito e minhas pernas ficaram muito pesadas.” A armadura custou US$ 60 mil.

O ex-campeão mundial dos pesos pesados, por intermédio de seus empresários, exigiu o direito de uma terceira luta, prevista em contrato. Agora, a discussão é saber onde e quando vai ocorrer Tyson x Wilder III. Fury quer que a luta seja na Grã-Bretanha antes de julho.

Desta forma, existiria a possibilidade de um duelo com Anthony Joshua antes do fim do ano, também na Inglaterra, pela unificação do cinturão mundial dos pesos pesados. Fury é campeão do Conselho Mundial, enquanto Joshua acumula os cinturões da Associação Mundial, Federação Internacional e Organização Mundial de Boxe.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeDeontay WilderTyson Fury

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: