Deontay Wilder despreza carreira de Mike Tyson: ‘Lutou com 2 do Hall da Fama. Holyfield e Lewis. E perdeu!’

Deontay Wilder despreza carreira de Mike Tyson: ‘Lutou com 2 do Hall da Fama. Holyfield e Lewis. E perdeu!’

Atual primeiro do ranking do CMB não gostou quando um técnico disse que o Iron Man, aos 53 anos, só precisaria treinar seis semanas para vencê-lo atualmente

Wilson Baldini Jr.

26 de maio de 2020 | 09h42

 

Deontay Wilder gravou um vídeo no qual despreza a carreira de Mike Tyson. “Quem Mike Tyson enfrentou do Hall da Fama do boxe? Digam-me? Alguns dizem seis? Quais os nomes? Não me falem em Michael Spinks, que veio dos meio-pesados. Larry Holmes não estava no melhor da forma”, disse o atual primeiro colocado no ranking do Conselho Mundial de Boxe, enquanto dirigia um automóvel.

Wilder prosseguiu suas críticas ao ex-campeão. “Ele lutou com Lennox Lewis e Evander Holyfield? Só dois. Holyfield venceu (Tyson) duas vezes. Lewis também o derrotou.”

O norte-americano, de 34 anos, rebateu as declarações do técnico Jeff Fenech, que trabalhou com Tyson, em 2005. Segundo ele, Tyson, aos 53 anos, só precisaria de umas seis semanas de treino para vencer Wilder.

Outro motivo que pode ter gerado a fúria de Wilder foi o fato de Tyson festejar muito a vitória de Tyson Fury no duelo de 22 de fevereiro, que terminou com uma invencibilidade de 42 lutas do norte-americano.

Tyson anunciou há três semanas seu retorno aos ringues para fazer lutas exibição e tem postado vários vídeos com seus treinamentos, esbanjando boa forma física. Já Wilder se recupera de uma cirurgia no bíceps e deve ter sua terceira luta com Fury no último trimestre deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeDeontay WilderMike Tyson

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.