Derrota de Teddy Riner fez lembrar o nocaute imposto por Juan Manuel Marquez a Manny Pacquiao

Derrota de Teddy Riner fez lembrar o nocaute imposto por Juan Manuel Marquez a Manny Pacquiao

Judoca japonês Kokoro Kageura estudou o melhor golpe do francês e teve o mesmo êxito do mexicano diante do filipino há oito anos

Wilson Baldini Jr.

09 de fevereiro de 2020 | 23h01

 

Juan Manuel Marquez treinou exaustivamente durante anos um contra-golpe de direita, que deveria ser aplicado momentos depois de Manny Pacquiao disparar sua canhota. Em 8 de dezembro de 2012, no ringue do abarrotado ginásio do MGM Hotel, o mexicano teve sucesso no sexto assalto e assim obteve a maior vitória de sua carreira. Era quarta luta entre ambos.

Neste domingo, dia 9, em Paris, o judoca japonês Kokoro Kageura estudou o melhor golpe do francês Teddy e teve o mesmo êxito do mexicano diante do filipino há pouco mais de sete anos. Ele conseguiu acabar com uma invencibilidade de dez anos e 154 lutas.

Em outubro do ano passado, Kageura enfrentou Riner e tentou encaixar contra-ataques o tempo todo, mas acabou derrotado nos segundos finais. Desta vez, na casa de Riner, o lutador asiático surpreendeu o gigante francês no golden score, ao conseguir um wazari.

Riner só tem 30 anos, apesar dos dez títulos mundiais e das duas medalhas de ouro olímpicas. Resta saber se vai ter força psicológica em Tóoquio como teve Pacquiao, que continua na ativa, aos 41 anos, e ostenta um título mundial.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: