Eddie Hearn, o dono do boxe mundial, anuncia cinco eventos

Eddie Hearn, o dono do boxe mundial, anuncia cinco eventos

Atrações serão em 13 de fevereiro, 20 de fevereiro, 6 de março, 20 de março e 10 de abril. Sempre no Reino Unido. Povetkin, Whyte, Benn, Okolie, Głowacki e Warrington são os destaques

Wilson Baldini Jr.

16 de janeiro de 2021 | 00h20

 

Aos 41 anos, o britânico Eddie Hearn pode ser considerado o “dono do boxe mundial”. Além de sua empresa Matchroom ser a responsável por vários grandes boxeadores da atualidade foi com o jovem empresário que o boxe ganhou organização, credibilidade e grandes eventos, saindo do marasmo que a nobre arte sofria anterirormente.

Em 2021, Hearn promete muito mais para os fãs da nobre arte. Nesta sexta-feira, cinco eventos foram anunciados. O primeiro em 13 de fevereiro. Depois seguem 20 de fevereiro, 6 de março, 20 de março e 10 de abril.

Os destaques nos confrontos são: o duelo entre penas entre Josh Warrington x Mauricio Lara, dia 13 de fevereiro; Alexander Povetkin x Dillian Whyte, em 6 de março, a revanche, eme leiminatória de título mundial dos pesos pesados. Na primeira, Povetkin venceu em um nocaute espetacular.

Em 10 de abril, os cruzadores Lawrence Okolie e Krzysztof Głowacki vão em busca do cinturão da Organização Mundial de Boxe, que está vago. Pelo meio-médios, Conor Benn encara Samuel Vargas pelo título europeu.

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeMatchroomEddie Hearn

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.