Eder Jofre se emociona e emociona a todos ao ver “10 segundos para vencer”

"Gostei muito. Demais", disse o maior peso galo da história do boxe, durante avant premiere nesta segunda-feira à noite, que reuniu mais de 500 pessoas

Wilson Baldini Jr.

11 Setembro 2018 | 01h42

 

Cerca de 500 pessoas compareceram nesta segunda-feira ao Shopping JK Iguatemi para ver a avant premiere de “10 segundos para vencer”, filme que conta a vida do boxeador Eder Jofre.

O maior peso galo da história esteve presente e se emocionou ao ver a produção, ao lado da filha Andrea. “Gostei muito. Demais”, disse o ex-pugilista, de 82 anos. Por várias vezes, durante a exibição da obra, Eder chorou, ao lembrar do pai, da mãe, da esposa e do irmão. “Foi uma emoção muito grande para ele”, afirmou Andrea.

Como não podia deixar de ser, o destaque foi a atuação de Osmar Prado como Kid Jofre, pai de Eder. “Ele (Osmar Prado) está fantástico”, disse o empresário Edu Mello, que considera Kid Jofre um “segundo pai”. “O Kid era chato assim mesmo”, divertiu-se Miguel de Oliveira, campeão mundial dos médios-ligeiros, em 1975, que foi treinado no amadorismo pelo pai de Eder.

Os atores principais de “10 segundos para vencer” estiveram presentes no evento. Osmar Prado era o mais emocionado. “Estou muito feliz com toda a repercussão do filme”, disse o artista, que ganhou o prêmio de “Melhor Ator” no Festival de Gramado em agosto. O filme ganhou também o prêmio de “melhor ator coadjuvante” com Ricardo Gelli, que interpretou Zumbanão, tio de Eder.

O filme entra em cartaz nos cinemas de todo o País a partir do dia 27.