Estrela do cinema não esquece a vitória de Eder Jofre sobre Johnny Caldwell

Ator Ryan O'Neal, astro do filme Love Story, sucesso dos anos 70, falou para Marcel Jofre da sua admiração pelo Galo de Ouro

Wilson Baldini Jr.

24 de janeiro de 2020 | 15h11

 

A vitória de Eder Jofre sobre o irlandês Johnny Caldwell completou 58 anos no último dia 18. Mas o tempo não apaga a lembrança de uma das maiores atuações do Galo de Ouro. Ryan O’Neal, um dos astro do cinema nos anos de 70 e protagonista do lendário filme “Love Story”, é um daqueles que não apaga da memória o grande feito do boxeador brasileiro.

“Seu pai foi um grande campeão e sempres será um Hall da Fama. Meu lutador preferido Johnny Caldwell foi destruído por seu pai. Quão orgulhoso você deve estar. Envio amor de Malibu, Califórnia”, escreveu O’Neal, de 78 anos, que boxeador amador entre 1960 e 1964 e tem origem irlandesa.

A vitória de Eder, diante de mais de 20 mil pessoas no Ginásio do Ibirapuera, foi uma espécide de unificação de título, pois Eder era o campeão mundial dos galoe e Caldwell campeão europeu. O irlandês, que estava invicto após 25 vitórias, falou muita bobagem antes do duelo e Eder lutou com raiva. A surra terminou aos 2min45 do décimo assalto, o que causou uma explosão do público.

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeEder Jofre

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: