Floyd Mayweather é conselheiro da equipe chinesa de boxe olímpico para Tóquio-2020

Floyd Mayweather é conselheiro da equipe chinesa de boxe olímpico para Tóquio-2020

Estrela do boxe mundial foi medalha de bronze, em Atlanta-1996, quando perdeu a semifinal olímpica de forma polêmica

Wilson Baldini Jr.

23 de julho de 2019 | 15h07

 

O Comitê Olímpico da China anunciou, nesta segunda-feira, que Floyd Mayweather será o “conselheiro” da equipe de boxe do país nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem.

Em um comunicado por intermédio de sua rede social, a entidade não especificou qual a função do ex-campeão mundial. Não se sabe se ele vai ajudar no treinamento diários dos pugilistas durante a preparação para a disputa da competição.

Em Atlanta-1996, Mayweather perdeu a semifinal para Serafim Todorov de forma bastante polêmica e ficou com a  medalha de bronze. Foi sua última derrota.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeFloyd MayweatherChinaTóquio 2020

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: