Há 33 anos Tyson se tornou o campeão mais novo dos pesados. Veja 5 curiosidades da vitória sobre Berbick

Há 33 anos Tyson se tornou o campeão mais novo dos pesados. Veja 5 curiosidades da vitória sobre Berbick

Iron Man lutou doente, foi multado, beijou seu agente na boca, era o primeiro do ranking e, apesar de desafiante, era o favorito para o duelo em Las Vegas

Wilson Baldini Jr.

22 de novembro de 2019 | 23h57

 

Faz 33 anos que Mike Tyson venceu Trevor Berbick e se tornou o mais novo campeão mundial dos pesos pesados. Vamos contar este grande momento do boxe com cinco curiosidades.

Tyson lutou com gonorréia e precisou tomar um antibiótico antes de entrar no ringue.

Ambos os boxeadores usavam calção preto. Sabendo que Tyson sempre usava preto, Angelo Dundee, técnico de Berbick, fez seu pupilo escolher o preto. Tyson, como desafiante, foi obrigado a escolher uma cor diferente. Em vez disso, ele optou pelo preto habitual e foi multado em US$ 5 mil pela Comissão Atlética do Estado de Nevada.

Logo após o nocaute sobre Berbick, no segundo assalto, Tyson beijou Jim Jacobs, um de seus agentes na boca.

Tyson era o primeiro no ranking do Conselho Mundial de Boxe, cujo cinturão estava em jogo, e também pela Associação Mundial de Boxe.

A bolsa de apostas abriram com Tyson favorito na proporção de 6 por 1, mas caíram para 3 por 1 com a proximidade da disputa no Hilton Hotel, em Las Vegas.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeMike TysonTrevor Berbick

Tendências: