Hebert Sousa perde para russo na semifinal e fica com a medalha de bronze no Mundial de Boxe

Jurados apontaram vantagem para boxeador anfitrião por 4 (30 a 27, 30 a 27, 29 a 28, e 29 a 28) a 1 (28 a 29). Competição termina neste sábado

Wilson Baldini Jr.

20 de setembro de 2019 | 08h36

 

O brasileiro Hebert Sousa perdeu para o russo Gleb Bakshi, nesta sexta-feira, no Mundial de Boxe, que está sendo disputado em Ecaterimburgo, na Rússia. Os jurados apontaram vantagem para o boxeador anfitrião por 4 (30 a 27, 30 a 27, 29 a 28, e 29 a 28) a 1 (28 a 29).

Mais técnico, Hebert não conseguiu sair do assédio intenso do adversário, que conseguiu conectar os melhores golpes e impedir uma sequência do lutador nacional.

O Brasil foi representado por sete lutadores e conquistou a medalha de bronze de Hebert, a sétima na história do País. Em 1986, Hamilton Rodrigues foi bronze, em Reno, EUA. Everton Lopes ganhou o título mundial, em 2011, no Azerbaijão, quando Esquiva Falcão conquistou bronze.

Em 2013, mais dois pódios brasileiros, desta vez no Casaquistão, com Robson Conceição (prata) e Everton Lopes (bronze). Em Doha-2015, Robson ficou com o bronze.

Com a participação de 365 atletas, de 78 países, o Mundial vai até este sábado.

Tudo o que sabemos sobre:

Hebert SousaboxeMundial de Boxe

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: