Hebert Souza conquista a medalha de prata no Mundial Militar, na China

Bronze no Mundial e prata no Pan de Lima, peso médio perdeu, neste sábado, a decisão, em Wuhan, para o russo Aleksei Semykin

Wilson Baldini Jr.

26 de outubro de 2019 | 16h28

 

O peso médio (até 75 quilos) Hebert Souza, medalha de bronze no Mundial (Rússia) e prata no Pan de Lima, perdeu, neste sábado, a decisão da medalha de ouro do Mundial Militar, em Wuhan, na China, para o russo Aleksei Semykin.

Hebert conquistou a segunda medalha de prata do boxe brasileiro. A outra foi da peso leve (até 60 quilos) Beatriz Ferreira, atual campeã mundial e pan-americana.

Assim como Bia, Hebert terá de disputar o pré-olímpico de Mar Del Plata para obter uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio no ano que vem. Antes, o time brasileiro se apresenta em meados de novembro para trabalhos regenerativos. Os treinos recomeçam no início de janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeHebert SouzaMundial Militar

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.