Imprensa australiana aponta duelo entre Esquiva Falcão e Michael Zerafa pelo título mundial da FIB

Boxeador australiano somou mais uma vitória nesta quarta-feira e deverá subir no ranking mundial, no qual é o 10º. Duelo pelo cinturão pode ser em Melbourne

Wilson Baldini Jr.

21 de abril de 2022 | 12h50

 

A imprensa australiana aponta como provável duelo pelo título mundial dos médios da Federação Internacional de Boxe ainda este ano a luta entre o brasileiro Esquiva Falcão e o australiano Michael Zerafa. Para isso acontecer, em primeiro lugar Gennady GGG Golovkin precisa abdicar do título que conquistou no último dia 9, em Saitama, no Japão, quando venceu Ryota Murata.

GGG poderá ter esta atitude após o dia 7, quando teremos a luta Saul Canelo Alvarez e Dimity Bivol. Em caso de vitória de Canelo, o mexicano deverá aceitar a terceira luta contra GGG a ser realizada em 17 de setembro.

Zerafa, de 30 anos, cujo cartel é de 30 vitórias (18 nocautes) e quatro derrotas, somou mais um triunfo nesta quarta-feira, ao derrotar Isaac Hardman, por nocaute, a 1min27 do segundo assalto.

Zerafa é o 10º colocado no ranking da FIB, no qual Esquiva é o primeiro. Perguntado sobre a possibilidade da luta ser concretizada, Sergio Batarelli, manager de Esquiva, afirmou nada saber sobre o assunto, mas está aberto para uma luta em Melbourne, dependendo, evidentemente, dos valores financeiros.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeEsquiva FalcãoMichael Zerafa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.