Jeff Horn vai a Osaka ver Rob Brant x Ryota Murata II e pode ‘atravessar’ Esquiva Falcão

Jeff Horn vai a Osaka ver Rob Brant x Ryota Murata II e pode ‘atravessar’ Esquiva Falcão

Australiano pode 'ultrapassar' brasileiro na disputa por uma chance de lutar pelo título, pois tem em seu cartel uma vitória sobre Manny Pacquiao

Wilson Baldini Jr.

09 de julho de 2019 | 00h48

 

O sonho de Esquiva Falcão disputar o título dos médios da Associação Mundial de Boxe (AMB) ainda este ano pode ser adiado. É que o australiano Jeff Horn vai estar em Osaka, no Japão, nesta sexta-feira, na primeira fileira na Edion Arena, quando o norte-americano Rob Brant vai conceder revanche para o japonês Ryota Murata.

“Não há nada definido, mas é uma boa possibilidade”, disse Greg Cohen, empresário de Brant, que derrotou Murata, em outubro, e fez a primeira defesa de cinturão em fevereiro, quando derrotou o russo Khasan Baysangurov.

Horn, possuidor no cartel de uma vitória polêmica sobre Manny Pacquiao, em 2017, que lhe valeu o título dos meio-médios da Organização Mundial de Boxe (OMB), tem apenas uma derrota, em 21 lutas, sofrida diante de Terence Crawford, em 2018.

Neste mesmo ano, o australiano subiu para a categoria dos médios e conquistou o título da Oceania, ao bater o veterano Anthony Mundine. Sua próxima luta está marcada para 31 de agosto, quando vai defender o cinturão frente ao compatriota Michael Zerafa, em Vitoria, Austrália.

Esquiva luta dia 19, em Maryland, EUA, diante do mexicano Juan Antonio Gutierrez. Medalhista em Londres-2012, o brasileiro é sétimo colocado da AMB, FIB e AMB.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: