Laila Ali, filha de Muhammad Ali admite retorno aos ringues para encarar Claressa Shields

Laila Ali, filha de Muhammad Ali admite retorno aos ringues para encarar Claressa Shields

Aos 42 anos, aposentada há 13, ex-campeã aceita o desafio desde que por um 'preço justo', referindo-se ao valor da bolsa do combate

Wilson Baldini Jr.

22 de fevereiro de 2020 | 15h57

 

Aos 42 anos, Laila Ali, filha de Muhammad Ali, admitiu voltar aos ringues, após 13 anos afastada. O que motiva a  ex-campeã dos pesos supermédios é um duelo com Claressa Shields,  de 24 anos, atual detentora dos cinturões dos médios-ligeiros e médios.

Dona de um cartel de 24 vitórias, com 21 nocautes, Laila disse que pode voltar a calçar as luvas, mas por “um preço justo”, referindo-se a uma boa proposta financeira. Outro ponto a ser discutido, segundo uma das filhas do atleta mais importante de todos os tempos, é definir o peso a ser estabelecido para o combate.

Claressa Shields, que tem um cartel profissional de dez vitórias (dois nocautes), além de duas medalhas de ouro olímpicas (Londres-2012 e Rio-2016), aceita o desafio. “É só falar hora, local e me dar o contrato para assinar.”

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeLaila AliMuhammad AliClaressa Shields

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: