Leilão do cinturão mundial de Popó arrecada R$ 90 mil na luta contra a pandemia

Ex-campeão mundial se emocionou durante vídeo colocado nas redes sociais neste domingo de Páscoa

Wilson Baldini Jr.

12 de abril de 2020 | 14h43

 

Acelino Popó Freitas arrecadou R$ 90 mil com o leilão de seu cinturão mundial. O anúncio foi feito, neste domingo, pelo próprio tetracampeão mundial em um vídeo nas redes sociais. O lance inicial foi de R$ 20 mil.

“É com muito carinho que eu passo esse cinturão para Andre Cavalcante, dono de uma empresa de energia solar, de Recife. Ele está ajudando muta gente, muita família. Muito obrigado mesmo. Que ele possa guardar com muito carinho, como eu guardei. Tem muita gente passando dificuldade e essa foi minha forma de ajudar”, disse o ex-campeão dos superpenas e leves, bastante emocionado.

O cinturão  da AMB foi conquistado em 2002, quando o lutador baiano derrotou o cubano Joel Casamayor, por pontos, em Las Vegas, em um dos duelos mais importantes e difíceis do pugilista nacional.

Tudo o que sabemos sobre:

boxePopóleilãocinturão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: