Manny Pacquiao anuncia luta para 2020 e quer Danny Garcia ou Mikey Garcia

Senado filipino estará em recesso entre os dias 14 de março e 3 de maio. Em 24 anos de carreira, Pacman soma 62 vitórias, 39 nocautes, sete derrotas e dois empates

Wilson Baldini Jr.

19 de novembro de 2019 | 16h56

 

O Senado filipino estará em recesso entre os dias 14 de março e 3 de maio. Por isso, o senador Manny Pacquiao anunciou, em entrevista ao jornalista Nick Giongcom do Manila Bulletin, que quer lutar entre os meses de março ou abril.

O campeão dos meio-médios da Associação Mundial de Boxe (AMB), que completa 41 anos dia 17 de dezembro. afirmou que duas boas opções como adversário são Danny Garcia e Mikey Garcia, ambos boxeadores contratados também pela empresa Premier Boxing Champions.

Pacquiao fez duas lutas em 2019. Em janeiro, venceu o norte-americano Adrien Broner. Em julho, bateu Keith Thurman, também dos Estados Unidos. Em 24 anos de carreira profissional, Pacman soma 62 vitórias, 39 nocautes, sete derrotas e dois empates.

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeManny PacquiaoDanny Garcia

Tendências: