Manny Pacquiao não vai armar o mesmo circo de Floyd Mayweather para Conor McGregor se apresentar

Manny Pacquiao não vai armar o mesmo circo de Floyd Mayweather para Conor McGregor se apresentar

Irlandês anunciou luta com o filipino para o fim do ano, mas o lendário boxeador não confirmou o evento. Seria jogar no lixo 25 anos de uma carreira brilhante

Wilson Baldini Jr.

26 de setembro de 2020 | 11h03

 

O irlandês Conor McGregor anunciou em suas redes sociais que vai lutar com o filipino Manny Pacquiao nos moldes do que fez com o norte-americano Floyd Mayweather em 2017. O lendário pugilista não confirmou o evento.

Pacquiao não vai armar o mesmo circo de Mayweather para McGregor se apresentar no picadeiro (ringue). Aquela farsa que durou longos dez roundes de pseudos golpes apenas para enganar muitos e arrecadar milhões de dólares.

Pacquiao é um atleta sério, íntegro e jamais aceitaria se apresentar nos mesmos moldes que fez Mayweather. Caso tivéssemos uma luta de verdade, talvez, o irlandês tivesse de gastar boa parte de seu dinheiro com um tratamento médico, pois enquanto Pacman, aos 41 anos, ainda é um campeão capaz de enfrentar os melhores da atualidade, McGregor é apenas um falastrão, repleto de bravatas e em busca de dinheiro.

Não podemos responder pelas atitudes dos outros, mas se Pacquiao, por um acaso, aceitasse a luta, iria jogar no lixo 25 anos de uma carreira brilhante.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.