Manny Pacquiao quer enfrentar GGG, diz o técnico Freddie Roach

Manny Pacquiao quer enfrentar GGG, diz o técnico Freddie Roach

Aos 41 anos, filipino, campeão dos meio-médios estaria com vontade de ter um obstáculo um 'pouco maior' no retorno aos ringues depois da pandemia

Wilson Baldini Jr.

04 de junho de 2020 | 22h13

 

A pandemia do coronavírus parece estar aumentando ainda mais a coragem das principais figuras do boxe. O mais novo desafio lançado neste período de isolamento envolve o supercampeão filipino Manny Pacquiao. Segundo o técnico Freddie Roach, Pacman estaria disposto a enfrentar um desafio um “pouco maior” após o surto da covid-19.

“Manny quer enfrentar os melhores. Eu gosto de uma luta com Mikey Garcia, mas o problema é que Manny quer subir (de peso) um pouco mais e lutar com GGG. Eu não o aconselharia a lutar entre os médios”, disse Roach, há quase duas décadas no córner do lutador.

Pacquiao começou a carreira como mosca e chegou a ser campeão até dos médios-ligeiros, acumulando cinturões em oito categorias. GGG foi campeão dos médios por sete anos seguidos (2010 a 2017), com 23 nocautes seguidos. Aos 38 anos, o casaque soma 40 vitórias (35 nocautes) e uma derrota.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeManny PacquiaoGGGGennady Golovkin

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: