Manny Pacquiao revela desejo de voltar aos ringues em abril e lutar com Errol Spence Jr

Manny Pacquiao revela desejo de voltar aos ringues em abril e lutar com Errol Spence Jr

Prestes a completar 42 anos, filipino, campeão dos meio-médios da Associação Mundial de Boxe, não luta desde julho de 2019

Wilson Baldini Jr.

15 de dezembro de 2020 | 00h15

 

Prestes a completar 42 anos (nesta quinta-feira, dia 17), o filipino Manny Pacquiao, campeão dos meio-médios da Associação Mundial de Boxe, revelou, nesta segunda-feira, o desejo de retornar aos ringues em abril.

Sem lutar desde julho de 2019, quando venceu Keith Thurman, Pacman afirmou para pessoas próximas que gostaria de lutar com Errol Spece Jr, também campeão dos meio-médios, mas nas versões da Federação Internacional e Conselho Mundial de Boxe.

Campeão em  oito categorias, Pacquiao divide suas atenções também com o Senado das Filipinas, cujos trabalhos serão intensos até março. “Depois, penso que poderei fazer duas lutas em 2021”, disse o lendário boxeador, que deverá pendurar as luvas ao final do próximo ano.

Mikey Garcia e Terence Crawford são outras possibilidades para dividirem o ringue com Pacquiao, dono de um cartel de 62 vitórias (39 vitórias), sete derrotas e dois empates.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeManny Pacquiao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.