Mayweather não tem o direito de uma segunda luta com Pacquiao

Mayweather não tem o direito de uma segunda luta com Pacquiao

Norte-americano sujou a história do boxe com o "circo" diante de Conor McGregor no ano passado. Terence Crawford e Vasyl Lomachenko são boas opções para Pacman

Wilson Baldini Jr.

17 de julho de 2018 | 10h58

Após a vitória de Manny Pacquiao sobre Lucas Matthysse, aumentaram os rumores de uma segunda luta entre o filipino e Floyd Mayweather. Os dois se enfrentaram em maio de 2015 e o americano saiu vitorioso por pontos.

Mas Mayweather não tem o direito de enfrentar Manny pela segunda vez, depois de ter participado de um circo diante de Conor McGregor no ano passado.

Mayweather merece todos os elogios pelo que fez em sua carreira invicta, mas tudo ficou no passado depois de MayMac.

Money deve continuar com suas aparições na alta sociedade americana e festejar o fato de ser a celebridade mais bem paga do mundo, segundo a revista Forbes, superando estrelas como o ator George Clooney e o grupo de rock irlandês U2.

Para Pacquiao, que não é o mesmo de outrora, afinal seus 39 anos acusam as batalhas sofridas em mais de 20 anos de boxe profissional, não faltam opções na badalada categoria dos meio-médios. O melhor seria um duelo com Terence Crawford ou Vasyl Lomachenko. E depois a merecida aposentadoria.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeFloyd MayweatherManny Pacquiao

Tendências: