Mike Tyson se desculpa por entrevista sonolenta para televisão britânica

Ex-campeão mundial disse que estava muito cansado, pois acordou muito cedo para a entrevista e não sabia que estava sendo focalizado pela câmera

Wilson Baldini Jr.

13 de outubro de 2020 | 15h25

 

“Ei, colegas Piers Morgan e Susanna Reid e o Reino Unido. Tentei ficar acordado até tarde para a entrevista, mas adormeci e, como um leão, é difícil acordar depois de dormir. Treinar forte e dormi cedo. Eu não tinha monitor, então não pude ver vocês e esqueci de olhar para a câmera.” Foi com esta mensagem que Mike Tyson explicou a sonolenta entrevista concedida, nesta terça-feira, para o programa “Good Morning Britain” da TV britânica.

Um Tyson sonolento assustou seus fãs, nesta terça-feira, durante a entrevista remota.  Com a fala arrastada, Tyson respondeu muitas vezes de olhos fechados às perguntas dos apresentadores Piers Morgan e Susanna Reid.

Nas redes sociais, a opinião da maioria das pessoas é que o ex-campeão não está em condições de se apresentar em 28 de novembro para o combate exibição com Roy Jones Jr., previsto para Los Angeles, onde o Iron Man estava quando concedeu a entrevista. Outros disseram que o ex-boxeador, de 54 anos, só aparentou cansaço.

“Estou pronto para fazer isso (lutar), me sinto muito bem. Estou pronto para fazer isso “, disse Tyson, muitas vezes após abaixar a cabeça na altura da cintura. “Eu e Jones deveríamos ter lutado antes, mas surgiu agora uma nova oportunidade e vai ser incrível”, disse Tyson, vestido com a camiseta da Liga das Lendas, que promete promover o retorno de atletas de várias modalidades esportivas.

Tyson não luta profissionalmente desde 2005, enquanto Jones, de 51 anos, subiu pela última vez em um ringue em 2018.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeMike Tyson

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.