Oscar De La Hoya aceita ceder espaço de sua estátua no Staples Center a Kobe Bryant

Oscar De La Hoya aceita ceder espaço de sua estátua no Staples Center a Kobe Bryant

Ex-campeão mundial e atual empresário do boxe afirmou ser preciso honrar a memória do jogador de basquete em Los Angeles

Wilson Baldini Jr.

25 de fevereiro de 2020 | 15h06

Crédito – Gene Blevins – Hoganphotos

 

Oscar De La Hoya aceita ceder espaço de sua estátua no Staples Center a Kobe Bryant. O ex-campeão mundial e atual empresário do boxe afirmou em um programa de rádio ser preciso honrar a memória do jogador de basquete, que morreu em um acidente de helicóptero dia 26 de janeiro.

“Não quero faltar ao respeito”, afirmou De La Hoya, ao programa da Rádio 92.3 FM. “Se for necessário, podem tirar minha estátua para colocar a de Kobe. É o mínimo que posso fazer. Temos que honrar Kobe sempre. Não podemos esquecer. Ele fez muito por Los Angeles.”

Em 2008, De La Hoya, que nasceu em Los Angeles, foi homenageado com uma estátuta de cinco metros de altura em frente ao lendário ginásio, onde jogam o Los Angeles Lakers, equipe de Bryant. Outras lendas como Magic Johnson, Shaquille O’Neal e Wayne Gretzky, ex-jogador de hóquei do LA Kings também possuem estátuas no local.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeOscar De La HoyaKobe Bryant

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: