Oscar De La Hoya diz a Mike Tyson que precisa de duas lutas ‘reais’ para enfrentar Canelo

Outra opção, segundo o ex-campeão mundial, de 48 anos, é ter uma revanche com Floyd Mayweather para quem perdeu em 2007

Wilson Baldini Jr.

08 de julho de 2021 | 00h10

 

Oscar De La Hoya revelou durante a gravação do podcast estrelado por Mike Tyson, que precisa de duas lutas ‘reais e de 12 rouds’ para enfrentar Saul Canelo Álvarez.

Outra opção, segundo o ex-campeão mundial, de 48 anos, é ter uma revanche com Floyd Mayweather para quem perdeu em 2007. “Eu penso que não posso, mas meus demônios me falam que devo fazer”, afirmou De La Hoya, que se inspirou quando viu a exibição de Tyson com Roy Jones Jr. no ano passado.

De La Hoya anunciou no mês passado que vai fazer uma exibição diante do brasileiro Vitor Belfort, ex-campeão de MMA, em 18 de setembro, em Las Vegas. O norte-americano não luta desde 2008, quando perdeu para Manny Pacquiao.

Campeão olímpico em 1992, De La Hoya foi campeão no profissional entre os superpenas, leve, meio-médio-ligeiro; meio-médio; médio-ligeiro e médio.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeOscar De La HoyaMike TysonCanelo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.