Oscar De La Hoya diz que vai nocautear Conor McGregor em dois roundes

Oscar De La Hoya diz que vai nocautear Conor McGregor em dois roundes

Em agosto, ex-campeão achou que Mayweather x McGregor era um desrespeito para o boxe e seus fãs

Wilson Baldini Jr.

15 de novembro de 2017 | 00h49

Em 25 de agosto, na véspera de Floyd Mayweather x Conor McGregor, Oscar De La Hoya disse que este duelo era um desrespeito ao boxe e aos seus fãs.

Passados menos de três meses, o Golden Boy afirmou que está treinando para encarar McGregor e vencer em apenas dois roundes.

“Sou muito competitivo e me sinto ainda muito forte, rápido e em condições de fazer uma grande luta. Só preciso de dois roundes para vencê-lo””, disse o medalha de ouro em Barcelona 1992 e ex-campeão mundial dos superpenas, leves, meio-médios-ligeiros, meio-médios, médios-ligeiros e médios.

Aos 44 anos, De La Hoya não luta desde 6 de dezembro de 2008, quando foi derrotado pelo filipino Manny Pacquiao, por nocaute técnico no oitavo assalto.

De lá para cá, De La Hoya se concentrou em seu trabalho como empresário e dono da Golden Boy Promotions, uma das maiores empresas de boxe do mundo, além de sofrer com a dependência de drogas, o que o levou a ser internado por várias vezes.

 

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'