Pacquiao descarta possibilidade de 2ª luta com Mayweather: ‘Ele não consegue mais lutar em alto nível’

Pacquiao descarta possibilidade de 2ª luta com Mayweather: ‘Ele não consegue mais lutar em alto nível’

Filipino, de 40 anos, enfrenta o norte-americano Keith Thurman, dia 20, no MGM Hotel, em Las Vegas, pelo cinturão dos meio-médios da AMB

Wilson Baldini Jr.

11 de julho de 2019 | 19h04

 

O adversário de Manny Pacquiao dia 20, no MGM Hotel, em Las Vegas, será o norte-americano Keith Thurman, em duelo válido pelo cinturão dos meio-médios da Associação Mundial de Boxe.

O filipino, de 40 anos, demonstra estar em grande forma e nega a aposentadoria para os próximos dois anos e meio. Mas quando se fala de Pacquiao o assunto, muitas vezes, vira para Floyd Mayweather. Os dois se enfrentaram na “luta do século” em 2015 e protagonizaram o evento mais caro da história do esporte.

Muito se falou em uma segunda luta, mas Pacquiao fez questão de encerrar qualquer especulação, nesta quinta-feira, antes de seu treino matinal, em Los Angeles. “Ele está muito tempo sem lutar. Não pode mais atuar em alto nível. Na elite. Eu penso nos lutadores que estão na ativa e Mayweather está aposentado.”

Em sua última luta, Mayweather venceu Andre Berto, em 2015. De lá para cá, fez um “circo” diante de Conor McGregor, astro do MMA, em 2017, e uma exibição no Japão, no ano passado. O norte-americano está com 42 anos.

Tendências: