Pacquiao, por favor, você não precisa enfrentar McGregor

Pacquiao, por favor, você não precisa enfrentar McGregor

Wilson Baldini Jr.

23 Novembro 2017 | 14h55

Crédito: Steve Marcus/Reuters

Sugar Ray Leonard, um dos maiores nomes da história do boxe, admitiu que foi difícil ir a um evento de boxe e não ser o protagonista. A aposentadoria é difícil de se encarar em qualquer profissão.

Manny Pacquiao completa 39 anos de idade dia 17 de dezembro. Campeão mundial em oito categorias, o filipino tem seu nome escrito em qualquer lista dos maiores pugilistas de todos os tempos.

Mas é visível que Pacman sofre para pendurar as luvas.  Depois da derrota para o novato Jeff Horn, na Austrália, a expectativa era de que sua atenção fosse concentrada na política de seu país, onde pretende ser presidente.

Pacquiao surpreende mais uma vez e agora desafia o irlandês Conor McGregor, astro do UFC, assim como Floyd Mayweather fez em agosto.

Só o dinheiro pode explicar este desafio. Mas, como fã de Pacman, fico triste.

Pacquiao, por favor, você não precisa enfrentar McGregor.