Patrick Teixeira completa 110 sessões de sparring. Quase tudo pronto para a guerra com Brian Castano

Patrick Teixeira completa 110 sessões de sparring. Quase tudo pronto para a guerra com Brian Castano

Luta dia 13, em Indio, na Califórnia, vai marcar a primeira defesa de título mundial dos médios-ligeiros da Organização Mundial de Boxe do pugilista brasileiro

Wilson Baldini Jr.

02 de fevereiro de 2021 | 09h44

 

Patrick Teixeira completou 110 sessões de sparring para a luta com o argentino Brian Castano, dia 13 de fevereiro, em Indio, Califórnia,, Estados Unidos, em sua primeira defesa do título mundial dos médios-ligeiros da Organização Mundial de Boxe.

“Já terminados os treinos de sparring”, disse o técnico Edson Xuxa do Nascimento, que orientou Patrick neste tipo de treino três vezes por semana no período em que o atleta está nos Estados Unidos.

Patrick x Castano é evento do DAZN e terá transmissão ao vivo para o Brasil. O lutador está nos Estados Unidos, onde intensifica seus treinamentos. Há 15 dias, Patrick teve a visita de Robert Diaz e Eric Gomez, chefões da Golden Boy Promotions, empresa de Oscar De La Hoya, com quem o lutador brasileiro tem contrato.

Por causa da pandemia, Patrick teve problemas para conseguir o visto norte-americano no ano passado. Com isso, o boxeador correu até o risco de perder o cinturão, mas com intenso trabalho do manager Patrick Nascimento o duelo foi adiado a tempo do boxeador obter o documento.

Patrick ganhou o cinturão em 30 de novembro de 2019, quando venceu a eliminatória do cinturão diante do dominicano Carlos Adames, em Las Vegas, por pontos, após 12 rounds sensacionais. Ele soma 30 vitórias (22 nocautes) e apenas uma derrota. Castano está invicto como profissional. São 16 vitórias (12 nocautes) e um empate.

Tudo o que sabemos sobre:

boxePatrick TeixeiraBrian Castaño

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.