Popó, o gato do repórter Dan Rafael, da ESPN, morre aos 18 anos

Popó, o gato do repórter Dan Rafael, da ESPN, morre aos 18 anos

Animal recebeu o apelido do pugiista brasileiro, pois jornalista norte-americano é fã do lutador nacional

Wilson Baldini Jr.

15 de agosto de 2019 | 11h55

O gato Popó morreu nesta quinta-feira. O animal era de Dan Rafael, da ESPN americana, um dos melhores repórteres de boxe do mundo. Em suas redes sociais, o jornalista norte-americano demonstrou toda sua tristeza e falou da homenagem ao boxeador brasileiro.
“Apenas um dia terrível. Tive que largar nosso gato Popó, batizado com o apelido de Acelino “Popo” Freitas, um dos meus lutadores favoritos. Ele tinha 18 anos. Ele era nosso desde que ele era um bebê minúsculo, quando o adotamos. Ele teve uma ótima vida e foi o melhor gato que uma família poderia pedir.”
Sempre que eu fui aos eventos de boxe nos Estados Unidos e encontrava com Dan Rafael, perguntava sobre o gato. E oo jornalista, sempre com um sorriso, gostava da lembrança.

Tudo o que sabemos sobre:

boxePopóDan RafaelESPN

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: