Por que a TV aberta não transmite boxe no Brasil?

Por que a TV aberta não transmite boxe no Brasil?

Modalidade vai ter duas transmissões neste sábado. Robson Conceição no Canal Combate e Daniel Jacobs no Esporte Interativo

Wilson Baldini Jr.

25 de abril de 2018 | 11h30

 

O boxe vai ter destaque na grade de transmissão de dois canais fechados neste sábado. O canal Combate vai transmitir a luta do campeão olímpico Robson Conceição, direto da Filadélfia, Estados Unidos, enquanto o Esporte Interativo vai passar toda a programação que terá como destaque a apresentação do peso médio Daniel Jacobs, em Nova York.

Qual o motivo de nenhum canal aberto se interessar pelas transmissões de boxe, que são garantia de audiência nas noites de sábado e nas madrugadas de domingo?

É verdade que as transmissões de esporte são uma raridade nas TVs abertas no Brasil, tirando a monocultura do futebol.

Todo mundo sabe, por exemplo, que o boxe dá mais audiência que o interessante programa “Altas Horas”.

O SBT, de Silvio Santos, teve poucas experiências com a nobre arte, mas os eventos Riddick Bowe x Andrew Golota e as lutas de Maguila sempre foram um enorme sucesso na década de 90.

A RedeTV! também teve um exemplo vitorioso quando passou Oscar De La Hoya x Shane Mosley com a narração de Fernando Vanucci.

A Gazeta produzia um programa nas noites de domingo, após o tradicional Mesa Redonda, que também chamou muito a atenção.

A Record, nos anos 60 e 70, também tinha transmissões tradicionais.

Isso sem falar da Bandeirantes, que com o saudoso Luciano do Valle formou gerações de amantes da nobre arte.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: