Próxima luta de Esquiva Falcão fica para o início de 2021

Anteriormente, brasileiro iria lutar em 12 de dezembro, data de seu nascimento; combate deverá ser por eliminatória do título mundial

Wilson Baldini Jr.

19 de novembro de 2020 | 12h23

 

Esquiva Falcão não luta mais em 12 de dezembro, data em que vai completar 31 anos de idade. A Top Rank, empresa que cuida da carreira do medalhista olímpico em Londres-2012, preferiu deixar seu próximo compromisso para o início de 2021.

A expectativa é para que Esquiva faça uma eliminatória opor título mundial, pois o brasileiro está ranqueado nas quatro grandes organizações do boxe internacional.

Esquiva viajou para os Estados Unidos no fim do mês passado e está na Califórnia no centro de treinamento do técnico Robert Garcia, onde tem toda a estrutura para sua preparação.

Esquiva está invicto, com 27 vitórias, sendo 19 nocautes. Sua última apresentação foi em 29 de agosto, quando venceu Morrama Araújo, por nocaute técnico, no primeiro assalto, em São Paulo.

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeEsquiva Falcão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.