Robson Conceição se destaca na preparação física e faz lembrar Cristiano Ronaldo

Boxeador venceu sua última luta, sábado, nos Estados Unidos, e vai disputar mais uma vez o título mundial dos superpenas, provavelmente este ano

Wilson Baldini Jr.

01 de fevereiro de 2022 | 23h11

 

O exemplar preparo físico é umas características de Robson Conceição. O boxeador mantém um ritmo forte de treinamento até mesmo quando não tem lutas previstas. Sua determinação faz lembrar Cristiano Ronaldo, que também se destaca por manter o vigor apesar de já estar perto dos 37 anos (serão completados no próximo sábado).

O boxeador venceu sua última luta, sábado, nos Estados Unidos, e vai disputar mais uma vez o título mundial dos superpenas, provavelmente este ano. Os 58,9 quilos de peso limite exigido para a categoria não são um problema para o pugilista baiano, que já foi para a academia nesta terça-feira, um dia depois de retornar de Oklahoma.

Todos os dias Robson faz treinamentos em dois períodos. Faz exercícios no ginásio pela manhã, treinos específicos de boxe no período da tarde e pelo menos três vezes por semana completa uma corrida pelas ruas de Salvador.

Agora, Robson espera o desenrolar da carreira do mexicano Oscar Valdez, dono do cinturão mundial do Conselho Mundial de Boxe. Se houver uma unificação dos cinturões com o norte-americano Shakur Stevenson em 30 de abril, o brasileiro terá de esperar até  o segundo semestre para ter uma nova chance de ser campeão. Em setembro, ele lutou melhor, mas os jurados, equivocadamente, viram Valdez melhor após 12 assaltos.

Tudo o que sabemos sobre:

boxeRobson ConceiçãoCristiano Ronaldo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.