Rose Volante merece o mesmo tratamento dado a Gabriel Medina e ao handebol

Rose Volante merece o mesmo tratamento dado a Gabriel Medina e ao handebol

É justo que a campeã mundial tenha o mesmo espaço e respeito por parte da mídia nacional

Wilson Baldini Jr.

23 de dezembro de 2017 | 12h07

crédito: youtube-Estadão

 

Nos últimos dias de 2013, a seleção feminina de handebol sagrou-se campeã mundial e ganhou com todo o merecimento as manchetes de todos os meios de comunicação.

No fim de 2014, o noticiário esportivo ficou por conta do surfista Gabriel Medina, que conquistava de forma espetacular o primeiro título mundial para o Brasil.

Mais uma vez o esporte nacional vive um momento histórico com a vitória de Rose Volante na Argentina e a conquista do cinturão mundial inédito no boxe. Esperamos que o tratamento dado à mais nova campeã seja o mesmo de anos anteriores.

Rose merece o mesmo respeito, espaço e interesse por parte da mídia. Vamos deixar de lado um pouquinho o futebol europeu e mostrar ao público brasileiro o que pessoas simples, mas determinadas, estão fazendo por seu país pelo mundo.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Rose Volanteboxeboxingboxeo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.