Rose Volante mostra força e determinação em seu retorno ao ringue

Rose Volante mostra força e determinação em seu retorno ao ringue

Ex-campeã mundial sobe de categoria, se apresenta em bom nível na vitória sobre Halanna dos Santos e sonha em voltar a ganhar um cinturão

Wilson Baldini Jr.

12 de dezembro de 2020 | 17h44

 

Afastada dos ringues desde março do ano passado, quando perdeu para a britânica Katie Taylor o título mundial dos pesos leves da Organização Mundial de Boxe, Rose Volante, aos 38 anos, mostrou que ainda tem muita lenha para queimar.

A ex-campeã mundial teve bo desempenho diante de Halanna dos Santos, na décima edição do Boxing For You, venceu por pontos e sonha em voltar a disputar o cinturão, agora na categoria dos meio-médios-ligeiros.

“Estou feliz e honrada. Eu me senti como se fosse minha primeira luta. Tive bom ritmo, acertei bons golpes, mas a Halanna mostrou boa resistência”, disse a lutadora, que somou a 15ª vitória, em 16 lutas.

 

Tudo o que sabemos sobre:

boxeRose Volante

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.