Rubens Manchinha e Jonathan Soares têm potencial para garantir um futuro vitorioso para o boxe brasileiro

Boxeadores foram destaque no STF boxing de sábado, no ginásio do Juventus, ao se tornarem campeões brasileiros dos galos e dos leves

Wilson Baldini Jr.

16 de dezembro de 2019 | 10h03

 

Rubens Manchinha tem 21 anos e Jonathan Soares, 20. Os dois conquistarem o título brasileiro, sábado, no ginásio do Juventus. O primeiro é o novo campeão brasileiro dos galos e o outro dos leves. Ambos demonstraram talento para garantir um futuro vitorioso para o boxe nacional.

Manchinha alcançou a oitava vitória consecutiva na carreira invicta e o sexto nocaute, ao derrubar o paraense Henrique da Silva, no segundo assalto. Dono de uma variedade muito boa de golpes, o pugilista, que é treinado por Pitu, um dos filhos do lendário Servílio de Oliveira, soube minar a resistência do adversário rapidamente.

Jonhatan tem um cartel perfeito 11 lutas, 11 vitórias e 11 nocautes. Sua última vítima foi Dione Rodrigues, no terceiro assalto. Apesar de jovem, Jonhatan mostrou traquilidade e concentração para encontrar o momento certo para buscar o encerramento da luta. O pugilista é treinado por Edson Xuxa do Nascimento, o mesmo do campeão mundial Patrick Teixeira.

O evento do STF Boxing teve o carimbo do Conselho Nacional de Boxe e contou com a presença de Patrick Teixeira e de Edeer Jofre, o Galo de Ouro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.